A Frente Parlamentar da Segurança Pública Municipal (Freseg) esteve reunida agora pela manhã na Câmara de Vereadores de Porto Alegre para a segunda reunião que discutiu a Cidade Baixa e a convivência pacífica entre bares e moradores.

A Diretora Executiva da Abrasel RS, Thais Kapp, participou do encontro que teve também a presença do Deca, Polícia Civil, Brigada Militar, Ministério Público, Associação de moradores da Cidade Baixa e Vereadores. O debate também contou com a participação da Conselheira da Abrasel RS, Carla Kohlrausch, Associação dos comerciantes da Cidade Baixa- ACCB e moradores do bairro Cidade Baixa.

Na oportunidade, a Diretora Executiva reiterou que um ponto chave para melhorar a segurança e convivência no bairro seria a fiscalização do comércio irregular e investimentos de mobiliário urbano e iluminação entre outros. “A Abrasel mantém a posição de que os bares e restaurantes regulares são ferramenta positiva para a segurança por movimentarem o bairro e estimularem a convivência das pessoas, além do seu impacto econômico e na geração de empregos do município. O que precisamos melhorar, e aí cabe ao trabalho conjunto entre poder executivo e Brigada Militar, é a fiscalização do comércio irregular e orientação aos usuários do bairro que se utilizam de som alto e comportamentos incompatíveis”.
Sobre a divulgação da recomendação do Ministério Público a respeito do fechamento antecipado dos bares e restaurantes, Thais diz acreditar que este regramento não irá inibir os atuais problemas, uma vez que os estabelecimentos regulares fecharão, mas o comércio irregular seguirá circulando. “Em nossa avaliação os ambulantes e o comércio informal precisam ter regramentos, pois isso também gera insegurança e fomenta a venda de bebidas  alcoólicas para menores e tráfego de entorpecentes”, destaca a Diretora Executiva.