A Associação Brasileira de Bares e Restaurantes do Rio Grande do Sul (Abrasel/RS), desempenhou em 2017 importantes ações de qualificação e aperfeiçoamento de profissionais e estabelecimentos do ramo de alimentação fora do lar.


Só neste ano foram realizadas 28 qualificações que fazem parte dos programas Abrasel Qualifica, Soluções Abrasel e Sebrae, e Boas práticas. Elas abordaram áreas estratégicas como: boas práticas de manipulação de alimentos (homologado e aperfeiçoamento), gestão de pessoas e equipes, vendas, marketing digital, liderança, gestão financeira, atendimento, reforma trabalhista, nova Lei da gorjeta, gerenciamento de resíduos, entre outros.


Conforme a diretora executiva da Abrasel/RS, Thais Kapp, foram mais de 250 pessoas qualificadas em 2017, entre elas empresários, gerentes, funcionários de setores administrativos, salão e/ou produção ou terceirizados (advogados, contadores). “Desta forma, alcançamos um dos nossos objetivos de oportunizar atividades direcionadas, de relevância e conteúdo, com ações de curta duração, mas grande aplicabilidade nas empresas”, destaca Thais.


As vantagens dos cursos ofertados pela Abrasel/RS, são de curta duração, apresentam baixo custo aos associados e são direcionados às necessidades do setor, o que, na opinião do empresário Leonardo Vogel Dorneles, proprietário da Cia do Temaki, oportunizam ao associado da Abrasel/RS, retorno imediato e positivo. “Todos os cursos são diretamente voltados ao nosso dia a dia, só com funcionários de restaurantes ou empresários. Assim, a troca de informação e experiência também ganham espaço. Os valores são muito mais em conta que no mercado, o que garante que eu pague minhas mensalidades só com a economia em treinamentos”, declara o empresário.


Para 2018 a meta da Abrasel/RS, segundo Thais Kapp é ampliar o número de participantes e aprofundar as áreas trabalhadas em 2017.