rs.abra

O setor de Alimentação Fora do Lar já começou uma retomada econômica, mas ainda segue em dificuldades. Uma pesquisa da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) revela que 44% dos estabelecimentos gaúchos fecharam outubro no prejuízo. Índice é maior que a média nacional que é de 35%.

Os dados da entidade indicam que 24% dos bares e restaurantes terão dificuldades de pagar o décimo terceiro salário. Na análise de Maria Fernanda Tartoni, presidente da Abrasel no RS, um dos fatores que torna o fim de ano complicado são os gastos com a renegociação de aluguel e o pagamento de empréstimos junto com o décimo terceiro salário. Devido à instabilidade econômica e a retomada que iniciou apenas nos últimos meses do ano, os estabelecimentos não tiveram tempo para obter recursos que tragam segurança para quitar essas contas.

“Não conseguimos acumular um valor financeiro suficiente para arcar com tantas despesas. Em outros anos, muitos empresários iam juntando ao longo do ano os recursos para pagar o décimo terceiro salário”, detalha Maria Fernanda, que completa, “Em 2021 não foi possível fazer isso, o que acaba gerando mais uma folha que vem para acrescentar com todo o endividamento que foi feito por conta da pandemia”.

O endividamento é outro fator que complica a recuperação econômica no segmento. Entre os empresários consultados, 8 em cada 10 recorreram a empréstimos. Destes, 13% estão com pagamentos em atraso, sendo 26% dos devedores há mais de 60 dias.

O cenário também aponta outros dados que trazem uma perspectiva positiva pela frente. A pesquisa aponta que 23% dos estabelecimentos pretendem contratar na reta final do ano. Sem restrições para funcionar e com a chegada do verão, a expectativa dos empresários do setor é de maior presença do público no atendimento presencial.

“Esperamos um dezembro de mais movimento e um bom faturamento para fechar 2021. Dá para perceber as pessoas saindo mais, realizando amigo secreto, confraternização de empresa e outros eventos. Acredito que por conta da segurança e a estrutura dos bares e restaurantes para comportar as pessoas nestas ocasiões, vamos receber muita gente esse mês”, ressalta Maria Fernanda.

Confira os dados da pesquisa realizada pela Abrasel:

- 44% dos bares e restaurantes fecharam outubro no prejuízo. Média nacional é de 35%.

- 59% creem em um aumento nas vendas de dezembro em relação a outubro. Por conta disso, 23% pretendem contratar em dezembro.

- 24% terão dificuldades com o pagamento do décimo terceiro salário. Destes, 13% irão propor parcelamento enquanto outros 11% pagarão integralmente, mas com atraso.

- 54% têm atrasos em impostos, encargos e outros.

- 80% das empresas recorreram a empréstimos. Destes, 13% estão com pagamentos em atraso. 26% dos devedores estão há mais de 60 dias em débito.

- 51% estão em atraso no Simples Nacional.

- 79% dos consultados temem o desenquadramento.

Comentários